Webnode

 

Matérias

 

Funk de Luto 

 Morto com dez tiros

Corpo do MC Duda do Marapé é enterrado no Cemitério da Areia Branca, em Santos

Fernando Diegues


Créditos: Walter Mello
 

 
Foi enterrado na manhã desta quarta-feira o corpo do cantor Eduardo Antônio Lara, o MC Duda do Marapé, de 26 anos. Ele foi assassinado com dez tiros na madrugada de terça-feira no Valongo, em Santos.

O sepultamento aconteceu por volta das 10h30 no Cemitério da Areia Branca. Ainda no velório, na Santa Casa, o irmão de Duda, Emerson Noé Lara, de 38 anos, comentou sobre a apresentação que a vítima fez poucas horas antes de morrer:

"Amigos disseram que no último show ele 'arrebentou', parecia até que sabia ser o último", disse.

Durante o enterro, amigos e parentes cantaram a música Lágrimas, de autoria da vítima, e velas foram acendidas na frente de sua campa. Entre aplausos, algumas pessoas gritaram "valeu Duda".

Tiros

Duda do Marapé foi assassinado com dez tiros sob o viaduto do terminal rodoviário, no Valongo, em Santos. O local é conhecido como Cracolândia, em razão do comércio e consumo intenso de entorpecentes. Perto do corpo foram achadas cápsulas de calibre .40.

O resgate chegou a ser chamado, mas o cantor faleceu no local.

                                                                       


 

 

Cai Lagrimas Luto no Funk da Baixada Santista

Morte

Duda do Marapé é assassinado com nove tiros 


 

 



O cantor de funk Eduardo Antônio Lara, conhecido como Duda do Marapé, foi morto a tiros, embaixo do viaduto do Valongo, no centro de Santos, no litoral paulista, na região conhecida como cracolândia, na terça-feira (12).

As marcações no chão feitas pela perícia da polícia mostram que pelo menos 12 tiros foram disparados contra a vítima, que animava eventos há cinco anos. Calçados, roupas da vítima e outros vestígios ficaram no local do crime.

Segundo a polícia, as balas que mataram o cantor partiram de uma pistola calibre 40. Ainda não se sabe como o crime aconteceu, pois não foi encontrada nenhuma testemunha do crime.

O cantor teria se apresentado em uma casa noturna da cidade na noite de segunda-feira (11). A morte vai ser investigada pelo 1º Distrito Policial de Santos. A suspeita é de que o cantor tenha sido vítima de uma execução. A polícia também vai investigar se a vítima tinha envolvimento com drogas.

 

 

 Funk Santista  "Onde Tudo Começou"

         

                                                                
 
Tudo começou com a equipe Foot Loose em 1985. Na época uma pequena discoteca que acabou virando loja, selo e equipe de som. Durante algum tempo a Foot Loose também trabalhou como empresária e teve como "afilhados" os grupos Chefe Body e X Melody.

A equipe tinha uma programação na rádio e em seu horário a mesma arrasava com as concorrentes, um programa diário que resultou também em um jornal.

Seus donos conhecidos como Lorival e Pitch Loco, começaram a história daquela que seria a maior equipe de som de Santos.

"A discoteca serviu para unir as pessoas que gostavam de funk, o resto veio como consequência de muito trabalho."

Com a explosão do Funk no Rio, Lorival teve a idéia de levar o movimento para Santos, penou para conseguir espaço, só conseguiu em rádio comunitária.

"Antes de ter o programa na rádio comunitária, tinha tentado em várias outras, mas fui muito discriminado".

Mas graças a sua perseverança e vontade, a massa funkeira santista não teve do que reclamar, a Foot Loose ganhou a parada e firmou o seu lugar.

Os bailes da Foot Loose ganharam tanta fama na baixada que Lorival começou a "importar" Lp's, K7's, e mais tarde CD's. Sua loja foi de grande importancia para o movimento, já que era uma das poucas a vender produtos para funkeiros e levar a moda carioca para os santistas.

O selo Foot Loose foi dono de vários lançamentos na época, seu maior sucesso de vendas foi "Funk loose Melody", que vendeu 10 mil cópias.

Graças a Lorival, essa semente plantada lá trás, hoje dá muitos frutos. O funk carioca criou adeptos e seguidores, surgindo assim vários artistas que despontaram no mercado com suas musicas politizadas e de forte apelo.

Com estilo próprio, a baixada santista virou um mercado de grande potencial, a profissionalização, assim como aconteceu no Rio de Janeiro, trouxe aos holofotes, ídolos da periferia. E apesar da música ter ultrapassado as barreiras sociais, sendo trilha sonora de confraternizações de todas as classes, quem trabalha com o gênero, ainda enfrenta dificuldades.

Mesmo ignorados por alguns, o fato é que o cenário da Baixada Santista cresce a todo vapor e traz consigo uma chance de transformações para muitas pessoas .

"Antigamente o funk era relacionado somente a violência, drogas, sexo, prostituição, hoje não. É uma profissão, é um trabalho e é o resgate de vários jovens que seriam apenas mais um. O que seriam deles se não fosse o Funk?”
 
By: www.funkderaiz.com.br 

 

Será que ele deixa o FUNK ?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Será que ele deixa o FUNK ?

              Mc' Marcinho 

 

            A sua nova carreira já está definida? O DVD "Tudo é Festa" será meu último trabalho secular. Na verdade, eu não ia nem lançar o DVD. Mas como muita gente trabalhou nisso, achei que não era justo com essas pessoas. Tem participação de Sandra de Sá, Regina Casé, MC Sapão, Bob Rum, e todas as pessoas envolvidas na produção. No DVD, terá o clipe de "Deus É Fiel", que dá nome ao futuro CD. A música é minha, canto com minha irmã Giselly. Temos sete músicas gravadas e entraremos em estúdio para terminar mais sete. O lançamento será depois do Carnaval de 2011. MC Marcinho fez de tudo com o sucesso que o funk lhe deu: curtiu festas, bancou amigos em bebedeiras e virou noites em rodas de carteado, alimentando seu vício em jogo. Mas tudo mudou desde que ele ouviu um chamado de Deus. A transformação é tamanha que o cantor quer virar pastor e já tem data para se afastar de vez dos bailes. Marcinho recebeu o MEIA HORA em sua casa, em Bangu, e anunciou que o DVD 'Tudo É Festa', que chega às lojas em outubro, será sua despedida do funk para se dedicar totalmente à carreira gospel. Após o Carnaval de 2011, ele lançará o CD "Deus É Fiel".
 
Fonte: TV ODIA -14/08/10

 

  

 

 

                                    Bob Rum

 
♫ Musico violonista desde os sete anos, Bob Rum começou sua carreira artística a partir dos 16 quando participou de quatro festivais de música, vencendo três deles (inclusive o 1º festival de musica da zona oeste – RJ).
Chegou a fazer pontas na novela Ana Raio e Zé Trovão da extinta Rede Manchete. 

Aos 17 anos fez seu primeiro sucesso, uma música que falava sobre o cotidiano de um surfista, cujo nome era “Bob Rum” (nome este inspirado no cachorro de um amigo). 
A musica ficou tão conhecida entre os amigos que o apelido pegou. 

Nascia assim o cantor Bob Rum.

Em 1995 seu talento foi descoberto pelos produtores Rômulo e Verônica Costa da Furacão 2000. Contratado, entrou para o cenário nacional com a música “Rap do Silva” que lançada pela coletânea “Rap Brasil 2” vendeu mais de 250.000 cópias conquistando assim disco de platina. 
Com isso participou do 1º Sendas Music no Maracanãzinho com grandes nomes da nossa música e também vários programas de Tv como: Xuxa Hit´s, Quem sabe Sábado, Planeta Xuxa, SuperPop e mais de 100 gravações pela furacão 2000 na CNT entre tantos outros que Bob Rum teve a oportunidade de apresentar a sua arte.

“Está Escrito”, nome de seu 1º CD Solo (SpotLight- Records) ficou por vários meses em 1º lugar nas rádios cariocas e era comum vê-lo em várias matérias em jornais como: O Globo. O Dia, Jornal do Brasil e etc...

Eleito “Símbolo sexual do funk”, Bob Rum ainda compôs várias músicas de sucesso, entre elas: Amor de Estudante (Sucesso do cantor Latino) e Escrito Pra´s Princesas com o Mc Marcinho.
Bob Rum ainda tem em seu currículo mais de 100 Show´s anuais por todo o Brasil, entre eles em casas como: Claro Hall Via Show, Rio Sampa, Baronett, Pátio Lauge, Jóquei Clube etc...

Ao Completar 15 anos de carreira, Bob Rum está no auge de sua criatividade, tendo um CD totalmente pronto com 18 músicas incluindo: Rap do Silva, Está Escrito, Zona Oeste (c/ Mc Marcinho) entre outras. Que conta ainda com a participação do Mc Buchecha.

Atualmente Bob Rum Vive seu melhor momento tendo seu trabalho reconhecido e sendo o 1º Mc a ter sua música (Está Escrito) como tema de abertura da novela Cristal (SBT) na voz do seu amigo Dado Dolabela e sua nova música tocando nas principais rádios cariocas e em várias cidades Brasileiras como: Florianópolis, Porto Seguro, Brasília, Curitiba, Espírito Santo, Fortaleza, Minas Gerais, Porto Alegre etc... Além de ter terminado de escrever seu livro (Era só mais um Silva) que já está sendo analisado por algumas editoras. Ainda conta em seu currículo o prêmio TIM de música para CD revelação do grupo Chicas (grupo composto pelas filhas de Gonzaguinha
 
 
By : Bob Rum  

                    

                                Stevie B

 

Steven Bernard Hill, mais conhecido por Stevie B, é um cantor de freestyle/dance musicc estadunidense. Com estilo freestyle marcante, emplacou vários sucessos como: "Because I Love You (The Postman Song)", "Party Your Body", "Spring Love", "In My Eyes", "Girl I Am Searching for You", entre outros. Participando de projetos paralelos, em Julho de 1988 , Stevie B. lançou o single "Pump Up the Party" com o nome alternativo de "Hassan" pela Midtown Records.

Stevie B nasceu em Fort Lauderdale , na Flórida . Ele teve diversos empregos, desde lavador de carros até em fast foods, enquanto escrevia suas músicas e as produzia. Em 1987 ganhou reconhecimento nacional após o lançamento de seu single "Party Your Body", que foi um verdadeiro sucesso nos clubes. O sucesso dessa canção rendeu a Stevie B um contrato com a gravadora LMR Records, e no ano seguinte viria a lançar seu primeiro álbum de estúdio, também chamadoParty Your Body. Outros sucessos desse álbum foram "Dremin' of Love" e "Spring Love", essa última também foi sucesso no Brasil. Seu segundo álbum, In My Eyes, teve sucessos como "I Wanna Be the One", "In My Eyes" e Love Me for Life, e o álbum foi cerfificado ouro em 1989. Em 1990, foi lançado o álbum Love & Emotion, até hoje seu álbum de maior sucesso, incluindo o single número 1 nos Estados Unidos "Because I Love You (The Postman Song)", e outros dois que entraram no Top 15, "Love and Emotion" e "I'll Be by Your Side", fizeram com que o álbum fosse certificado ouro. Nos anos seguintes, devido ao grande crescimento de bandas de rock alternativo, como Nirvana , Alice in Chains , cantores de freestyle já não tinham mais a atenção de antes, e os álbuns lançados por Stevie B não conseguiram sucesso.


 

                            Tony Garcia

Dono de vários sucessos, Tony Garcia é erradamente visto por muitos como um cantor, pensamento totalmente errado. Tony G. começou sua brilhante carreira como D.J., tocando nas ruas de Nova Yorque. Pioneiro no Freestyle, Tony logo deixou de se apresentar nas ruas onde começara no fim dos anos 70 para ingressar no mundo das grandes produções. No início dos anos 80, ele começou a produzir suas músicas, em 83 lançou sua primeira faixa, “Can’t get enough of you, numa gravadora com o nome de “Mr. T Record’s. Em 86, T. Garcia participou da gravação de um hit que seria um estouro, “Destiny da cantora Bettina. Destiny foi uma verdadeira febre (anos mais tarde, foi muito plageada pela Furacão 2000), apesar de não ser uma música cantada, ela se mostrava típica do estilo progressivo e arrojado de Tony. Em 88, Tony deu mais um grande passo na sua carreira: Fundou sua primeira gravadora independente, a “High power Record’s. Foi em sua gravadora, que Mr. Tony produziu seus maiores sucessos. Considerado um dos maiores intérpretes que já trabalharam com o Mr. Garcia, nesse mesmo ano iniciou- se a união musical de Tony Garcia e Reinald-O, Entre os vários sucessos dessa dupla destaca- se “My sweety love”. Em 89, Tony Produziu grande parte das faixas do CD de Johnny O, pela gravadora de seu irmão, a “Mic Mac Record’s. No ano de 1990, Tony que já era conhecido como Dr. Edit, lançou outro grande sucesso com Reinald-O, “Forever(Can’t let you go)”, além de outro intérprete, Peter Fontaine com a música “Just like the Wind”(considerada por muitos a melhor música do Tony Garcia). Em 1991, Dr. Edit lançou mais uma promessa do Freestyle, a jovem cantora Lil’ Suzy, com seu hit “Take me in your arms”. Neste mesmo ano ele lançou o CD de Reinald-O com a inesquecível música “Another night”. Tony ajudou a construir várias carreiras vencedoras, entre elas a de Johnny O, considerado um dos maiores cantores de todos os tempos ao lado de Stevie B. Dr. Edit produziu ,inúmeros sucessos de Johnny como “Fantasy Girl, Run Away love e Highways of Love. Além de Johnny O, Tony Garcia participou da produção de outros nomes da Mic Mac Record’s, como Cinthia, Rios Sisters, Tiana entre outros. Mr. T foi um dos maiores se não o maior produtor de todos os tempos do Freestyle, dono de um estilo único, Tony era mestre nas músicas progressivas(progressive sounds of south), um verdadeiro gênio nos arranjos, Tony ficou conhecido como “Crazy”. Esteve no Brasil no início da década de 90, fazendo inclusive partipações no Show da Xuxa, e alguns shows em boates locais. Tony Garcia é simplesmente o maior produtor de música estilo ‘freestyle’ norte americano. Lançou vários sucessos em versões escritas por ele e compositores como Tsantillis M. Velasquez, Tony Garcia escreveu e produziu grandes sucessos como o hit ‘My sweet love’ interpretado por Reinald-o produzido e gravado sob licença de High Power Music (ascap) em 1988. A High power music foi fundada pelo Próprio Tony Garcia em 1987.Um dos maiores hits lançados por ele foi ‘Just like the wind’ de 1990, interpretado por Peter Fontaine.Também lançou sucessos como ‘Forever’( Reinald-o) e Girl you hear me crying (Nv)em 1991, e muitos outros cantores como Lil suzy, Natalie (Angelique), Lil johanna, Wickett rich, entre outros. As mais conhecidas são: Take me in your arms My sweet love, Another night, The way she looks at me, Just like the wind, Forever(can´t let go). Take me in your arms

By:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Tony_Ga 

 

- TUDO COMEÇOU NA DECADA DE 90,PRECISAMENTE NO ANO DE 1994...
SURGINDO DO BAIRRO DA VILA DA PENHA UMA DUPLA CHAMADA MULATO E MAGRÃO.
LOGO NO SEU PRIMEIRO RAP NO MUNDO FUNK ESTOUROU EM TODO O BRASIL,CHAMADO : RAP DO MENOR CARENTE...
LANÇADO NUMA COLETANIA DO DJ TUBARÃO.
EM 1995,CHEGOU AS RADIOS A MODA FUNK MELODY,A DUPLA AINDA EMPLACOU JUNTO COM DJ MARLBORO NO CD FUNK BRASIL.
NESSE MESMO ANO A DUPLA SE SEPAROU E MULATO NESSE MESMO CD LANÇOU OUTRO MELODY CHAMADO: SONHO LINDO.
NA CONTINUAÇÃO LANÇANDO NO MESMO, VIDIGAL , ROÇA , V.P,COM DUAS RELÍQUIAS DO FUNK,CONHECIDOS COMO MC GALO E MC MASCOTE , SENDO ASSIM IDOLOS DO MULATO...
NO ANO SEGUINTE MULATO CONHECE O SAUDOSO GORÓ , DA DUPLA MARCIO E GORÓ.
REALIZANDO JUNTOS O RAP MADAGASCAR,LANÇANDO ASSIM SUA CARREIRA SOLO.
SEM MUITO ESFORÇO, MADAGASCAR FOI FEBRE E ESTAVA NA BOCA DE TODOS OS FUNKEIROS DO BRASIL.
EM 1997 VEIO O ESTOURO DA BOIADA,COMO TODOS CONHECEM, O RAP : APREDA A VIVER , Q ATÉ HOJE ECOA EM TODO O BRASIL TORNANDO-SE UM CLASSICO DO FUNK.
SAIU EM VARIOS CDS, CURTISOM RIO IMPLACAVEL , FURACÃO 2OOO OS MELHORES , PROIBIDÃO LIBERADO E OUTROS...
1999,LANÇANDO O RAP : MANTELAMATRE QUE COM CERTEZA FOI MAIS UM DOS HINOS DE UM MAESTRO DO FUNK, Q ESTA VOLTANDO COM PRESSÃO TOTAL PARA SACUDIR OS BAILES DO RIO DE JANEIRO E TODO O BRASIL !!!!!!!!!!


VÊ SE APRENDA A VIVER !!!!!


By: MULATO

 

 

 

       Mano Teko

Nascido e criado no Irajá, subúrbio do Rio de Janeiro,berço do Funk. Iniciou sua trajetória no mundo funk há 14 anos, falando do início do funk,Teko & Buzunga tem nome certo.

Entre muitas duplas, conseguiram também se destacar pelas letras inteligentes e outras românticas.Rap da Consciência, Dignidade, Por Causa de Você, Forever to Love, Pequeno Planeta e Bob Marley entre outras, foram as músicas que mais marcaram a carreira da dupla e conseqüentemente marcaram a juventude de muita gente.
Já tendo feito shows em quase todos os bailes do Rio de Janeiro acompanhando várias equipes como Furacão 2000, Cash Box, Live entre outras, e em vários estados no Brasil, tais como São Paulo, Minas Gerais e Espirito Santo, sempre levando o público ao delírio com suas músicas e seu carisma.
Hoje não mais com o parceiro Buzunga, que resolveu parar e seguir sua vida na igreja e depois de longas férias tiradas do movimento funk, Mano Teko está de volta, lançando novas músicas tais como, “CAMISA 10 (Ela desce)” e “A NOITE TODA”, que tem tudo pra ser mais dois sucessos em uma vitoriosa carreira. Músicas que falam de tudo que há de bom. Verão, zuação, praia, funk, mulheres, ou seja, tudo o que representa a alegria do carioca.

Quem já conhece o trabalho do MANO TEKO, sabe que ele não está só de passagem.

By:www.manoteko.com

 

 

   

          Marcinho             

Marcinho desde criança já gostava de música. Em 1994 lançou seu primeiro sucesso “Rap do solitário” foi primeiro lugar em todas as radios do Rio de Janeiro. A música saiu na coletânea da Furacão 2000 e emplacou no Brasil inteiro. Mas esse foi apenas o primeiro de muitos outros sucessos do “MC Solitário”. Logo após estava novamente em primeiro lugar nas rádios, sucessivamente as músicas: “Pras Princesas” (1ª parceria com Bob Rum), “Primeiro você me disse” (1ª parceria com Cacau).

Considerado cantor de funk melody mais conhecido em todo Brasil, por fazer letras falando de amor e paixão e casado com a também cantora de funk Mc Cacau.

Hoje, como resultado do trabalho bem feito (afinal foram 3 Cd’s solos e 1 em parceria com a Cacau), Marcinho viaja por todo Brasil, levando sua múscia a todos os estados do nosso país. O CD “Falando com as estrelas”, Marcinho acredita que foi um presente de Deus, pois vendeu mais de 60 mil cópias e estourou em todos os lugares do Brasil.

 

By:www.funkderaiz.com.br  

 

                Sapão

Nascido e criado no Rio de Janeiro mais precisamente na comunidade da Nova Brasília, Complexo do Alemão, Jefferson Fernandes Luiz sempre quis ser cantor, e adotou como nome artístico o seu apelido de infância, Sapão. Iniciou  sua carreira com 18 anos com o sucesso "Eu sei Cantar", lançou seu primeiro disco com 20 anos, onde vendeu mais de 120 mil cópias. De lá pra cá se manteve nas paradas de sucesso e como reconhecimento de todo o seu trabalho foi convidado e marcou presença em vários programas de televisão entre eles os mais recentes

” Caldeirão  do Huck”, “ Central da Periferia” na  Rede Globo e ainda
“Show Tom” pele Rede Record

. Hoje, pai de dois filhos, Pedro e Kevin, bem mais maduro, diz que sua música  "EU TÔ TRANQUILÃO" é o reflexo de sua vida e que o momento não poderia ser melhor.

 

By:www.sapaomc.com.br 

 

             

                                                        

                                      Suel e Amaro

 

Rafael Teófilo Carvalho e Amaro Fabiano Gomes Lopes formam essa dupla de sucesso do Funk Melody Nacional. A primeira música de Suel & Amaro foi “Perdi Você”, que logo se transformou num grande sucesso, tocado nas rádios e bailes do Rio. A segunda música da dupla foi “Pra Sempre Você”, que seguiu o mesmo caminho do anterior. Essas duas músicas entraram para coletânea Rap Brasil 3, lançada pela Som Livre em 1995.

No ano seguinte veio o maior sucesso da dupla Suel & Amaro com a música “Pequena Garota”, que logo estourou pelo Brasil e os shows não pararam mais, e claro, apresentações em programas de TV também. Apartir desse sucesso foi lançado em 1997, o primeiro álbum de Suel & Amaropela Afegan Records, que além dos primeiros hits em nova roupagem, destacam também as músicas “Um Dia Desses”, “Você Me Deixou”, “Menina Veneno”, “Em Mim Dói” e “Pare Com Isso”. Em 2000, a dupla voltou com “Sintonia de Amor”, “Alegria no Ar”, “Fiquei Na Pista” e“Marquinha Sensual”, que fez parte da coletânea Funk Four lançado pela Sony Music.

Em 2002, uma tragédia veio abalar a dupla, com a morte de Suel. O cantor foi assassinado em frente a sua casa em Magalhães Bastos. O adeus a Suel foi ao som de palmas e fãs cantando “Perdi Você”, um dos maiores sucesso da dupla. Amaro seguiu em carreira solo por um tempo, mas atualmente aderiu a música Gospel. 

     

                                           Suel

Despedida com palmas e funk. Rafael Teófilo Carvalho, 25 anos, o MC Suel, foi enterrado, 29 de setembro de 2002 de manhã, no Cemitério do Caju, ao som de "Perdi Você", sucesso da dupla que formava com Amaro. Mais de 50 parentes e amigos foram dar adeus ao cantor, morto com cinco tiros na sexta-feira, em Magalhães Bastos. A suspeita é de que o cantor tenha sido assassinado a mando de um homem com quem brigou em um bar, uma semana antes, para defender um amigo.
     Na hora do crime, Suel estava na porta de casa brincando com o sobrinho Brian, de 1 ano e 8 meses, filho da irmã Rafaella, 19. A mãe do cantor, Renata Lee Teófilo Lourenço, 48, não sabe se vai se mudar. “Moro em Magalhães Bastos há mais de 40 anos, mas não sei se quero continuar”, disse a dona-de-casa, que estava em Fortaleza quando o filho morreu.
    O DJ Marlboro, que lançou em 2002(05/10) em seu programa a última música de Suel e Amaro, confirmou que o cantor estava preocupado. “Ele comentou que tinha se metido numa briga que não era dele.” Suel completaria 10 anos de parceria com Amaro Fabiano Gomes Lopes, o MC Amaro. “Estávamos retomando a dupla. Ele não era bandido e morreu de uma forma brutal. Éramos amigos desde os três anos”, disse Amaro. Suel deixou outras quatro músicas prontas.

 

 

By: www.funkderaiz.com.br  

 

 

          Coelho e Dinho

É 100% Lazer!!!!

“Com fé em Deus Amigos vamos juntos cantar,
vem pra Cidade Alta, vem comigo dançar...”

Ao som do Trinery, muitos conheceram esse verso, muitos curtiram essa música e muitos dançaram ao som desse Rap.
Início de 1996, um sonho de criança se tornou realidade. Na voz de duas pessoas simples, mas de grande coração, surgiu um dos maiores sucessos da música funk do Rio de Janeiro.
Ricardo Oliveira (MC Coelho) e Humberto Soares (MC Dinho) brilharam cantando o “Rap 100% Lazer”.
Tudo que eles queriam era mostrar que também podiam estrelar nos palcos dos Bailes do Brasil, falando um pouco de sua comunidade (A Cidade Alta).
Conseguiram...
E hoje estão voltando para reeditar o sucesso de alguns anos atrás com a finalidade de reunir todos aqueles que curtiram suas músicas: Rap 100% Lazer, Bonde 100%, Liberdade da Alta, Dunas e Cria da Favela.

 

By: Coelho e Dinho  

 Vina e Fandangos

 Em 1993 inicia o grupo conexão funk, onde Vina e Fandangos faziam parte. No ano seguinte resolveram separar-se do grupo e formaram a dupla Mc's Vina e Fandangos, com a música Princesa do Marapé.


Dai pra frente a dupla começou numa grande ascenssão, com os sucessosFestival dos Bailes, Funkeira entre outros. Participaram de vários festivais, entre eles o da Rádio Digital FM, onde ficaram com a 6° colocação.

Logo depois voltaram com a música Funk dos Bandidos (proibidão) onde foi o maior sucesso da baixada santista nos bailes, nas rádios, nos carros, etc, inclusive ficaram com o record da música mais pedida de todos os tempos (até hoje) na Rádio Nova Era FM 101.01 na época comandada por Elvio.

Em 1999/2000 ganharam vários troféus: melhor letra, melhor pancadão, melhor palco, entre outros, mas na época os bailes tinham muita violência, por isso perderam vários amigos, e o inesquecível Dj Bafafa. Foi onde resolveram dar um tempo, e pararam de cantar.

O Mc Vina teve uma filha chamada Julie Ane; o Mc Fandangos já tinha seu filho Kauê, quando casou com a Andreia, e juntos tiveram mais um filho o Kauan. Eles se voltaram só para a família.

No começo de 2004 varios amigos, Djs, funkeiros de verdade, pediram para que eles voltassem a cantar, mas isso não estava nos seus planos.

Até que, um dia, sentados numa esquina do Marapé conversando, decidiram que a dupla Vina e Fandangos tinha que voltar, porque eles eram da antiga do funk, a verdadeira relíquia da Baixada Santista. Foi então que fizeram a música Olha Quem Voltou.na qual receberam muitas críticas, pois estavam desatualizados, muito tempo sem ir ao baile, mas com a mesma garra de antes tá ligado?

Porém as críticas os fortaleceu, e foi o suficiente para lhes dar força à continuar

Quando em uma conversa com o Mc Frank (RJ) gravaram o Bota Pra Cantar, música até então não conhecida em santos, só veio a fazer um barulho nos bailes e nas rádios da Baixada Santista.

 Em conversa com os amigos, irmãos da Vila Telma, foi feita a música Bonde do Tei Tei que veio a sacodir e levantar a dupla Vina e Fandangos no lugar de onde nunca deveria ter saido.

 

"Desde já agradecemos todos que acreditam em nosso trabalho e em nossa voz, valeu rapaziada"

 

                                          Fé em Deus